sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Relações (im)pessoais [por @lara_ruiva]

Bom dia florzinha... muitas de vcs podem não conhecer, mas a Lara escreve uns textos muito bacanas e esse ela me mandou uma DM pedindo opinião. Me chamou muito a atenção, pois temos opiniões parecidíssimas.
Sei que todas nós estamos a caminho do "para vida toda", mas quero deixar esse texto também pra vocês, para que não cheguemos no "que seja eterno até eu aguentar" como ela mesmo diz.
Espero que vocês assim como eu, leiam, reflitam e o leve para o cotidiano!



Olá, olá anotadores.
Hoje, queria dividir com vocês alguns, digamos...Pensamentos! Queria muito saber a opinião de vocês, quanto ao assunto que vou falar aqui. :)
Atualmente, cumprimentar o porteiro, dar um simples"bom dia" aos que estão conosco no nosso dia-a-dia, são atitudes que a maioria da população não pratica. Na verdade, podem até praticar em épocas especiais, como Natal, Ano Novo. Se no nosso passado, essas ações eram sinal de uma boa educação, na velocidade da vida atual acabam se tornando atitudes sem um mínimo valor. Por conta disso, à medida que o nosso mundo globalizado se movimenta, as nossas relações humanas perdem cada vez mais a sua importância.
E os tradicionais casamentos? Aquela época de "para vida toda", mudou para "que seja eterno até eu aguentar". Não que eu concorde, que no casamento as pessoas devem sofrer para honrar o compromisso com seu cônjugue. Mas, queria que as pessoas fossem um pouco mas esforçadas e não desistissem tão fácil de um casamento. Na verdade, o casamento está ficando cada vez mais vulgarizado hoje em dia. Briga, termina, volta, se acerta, briga e por aí vai. Fazendo com que a vida a dois se torne cada vez mais difícil, parece que a maioria das pessoas não fazem por menos e arrumam desculpas e mais desculpas para arranjar um briga qualquer e assim ter a famosa "DR"... Aos que não concordam, me desculpem, mas sou a moda antiga e gosto muito de tranquilidade.
Problemas no casamento, problemas fora dele. De fato, a maior competitividade do mercado de trabalho faz com que tenha desarmonia entre profissionais. A luta por vagas e melhores cargos nas empresas gera o crescimento da intolerância.
Nesse meio social, esse cotidiano estressante se reflete também nas irracionais discussões no trânsito e nos casos de violência gratuita.
O antigo convívio familiar, onde as conversas eram fundamentais, foi trocado pelo som do rádio e da televisão. Um pouco contraditório não acham? Esses aparelhos criados para ampliar a comunicação, acabam gerando uma certa falta de comunicação, fazendo com que assim as relações familiares fiquem cada vez mais frias.
Bem, foi um desabafo do que eu tenho visto diariamente, e que sim, me incomoda. De nada custa a pessoa ter um simples bom senso e ver que cada vez mais, nos tornamos mais profissionais que amigos e ficamos quase tão frios quanto as nossas inovações tecnológicas.

By: @lara_ruiva do Blog Anotado no Caderno

É isso... Beijos e um ótimo final de semana!
=)

8 comentários:

aninha disse...

Ola, adorei o texto e concordo tbm... tudo é verdade, eu tbm acho q para ser felizes para sempre temos que aprender a conviver com a pessoa que gostamos, e sim, o radio, a tv substituem e mto mal as conversas, as brincadeiras e aquelas gostosas reuniões familiares...
Qtas vezes juntamos parentes em casa e eles ficam em volta da tv?
affff
mais acredito que podemos mudar um pouco isso na nossa casa qdo casarmos!
:D
bjo

TatiBusa disse...

Isso infelismente acontece com muitos casais e graças nao comigo!!

Jana disse...

Oi Querida!!

Concordo muito com tudo isso, hoje em dia tudo está vulgarizado, pessoas sem paciência, e fazendo com que a família fique depois de muitos outros planos, já ouvi muita gente dizendo 'se não der certo separa', acho isso simplesmente horrivel, pois o casamento é um matrimonio de Deus, se achar que não está certo, tem que lutar pra dar!! Pois se casaram a amor, e se existe amor tem solução *-*

Amei o texto, e toda vez que encontro um texto desse tipo me faz refletir muito =D

Beijo Amada
e um lindo fds pra vc
=**

Vanessa Santos disse...

Oi Desa!!!

Amei o texto porque penso da mesma maneira, uma familia tem que ter momentos juntos pra dar certo... eu vejo em casa, nós jantamos todos na mesa juntos todo dia, e isso faz difereça, porque é quando conversamos...

Quero ser assim, pra ter uma felizes para sempre, e não enquanto dure...

Beijokas amigaaaa

Juliana disse...

Mto legal o texto, faz a gente refletir bastante, principalmente parando um pouco de pensar só nos preparativos que acabam e depois os dias que passaremos um do lado do outro! mto bom! bjus

Natália disse...

"O que Deus uniu, o homem não separará", hoje falta muita coisa, falta amor, falta união, falta fé, falta confiança. Ixi flor, se eu for escrever tudo o que penso disso dá um post rsrsrs, um dia eu escrevo melhor minha opinião, mas uma coisa que sempre digo, "acho que nasci em época errada".

Beijos linda

Julie disse...

Adorei o texto De!

Não vale só uma festa maravilhosa, tudo tem seu tempo, de amar e aborrecer, é a vida. Mas as pessoas querem desistir na primeira dor de bariiga, aí não dá, né?! rs

Bjs

disse...

Adorei o texto!
Que ótimo que vc comprou a sessão de fotos tb, ueba!!! Não vejo a hora de ver todos os ensaios, serão lindos mesmo!!!
Bjs e bom fim de semana!!!

Related Posts with Thumbnails